quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Chevrolet Camaro SS - Em breve nas concessionárias GM

O Autobot Bumblebee do filme "Transformers" chegará em breve ao Brasil!!!


Depois de anunciar o motor V8 6.2 litros com mais de 400 cv, a Chevrolet já definiu a versão do Camaro que vai importar para o mercado brasileiro e apresentar no Salão do Automóvel, que acontece de 27 de outubro a 7 de novembro.

Trata-se da versão 2SS, a topo de linha e recheada de equipamentos. Um dos mais chamativos são as rodas de alumínio de 20 polegadas - de tala 8'' na dianteira e 9'' na traseira -, que deixam à mostra os enormes discos de freios (com 35,5 cm de diâmetro e 3,2 cm de espessura na dianteira e 36,5 cm de diâmetro e 2,8 de espessura na traseira) e as pinças Brembo, reconhecidas mundialmente pela qualidade e por equipar os carros da Fórmula 1. Calçando as rodas estão os pneus de medida 245/45 ZR20 na dianteira e 275/40 ZR 20 na traseira.

O Chevrolet Camaro estará inicialmente disponível no Brasil em cinco diferentes cores. Vermelho, Amarelo, Branco, Preto e Prata.

Mas o desempenho é apenas uma parte do show. Além do potente V8 sob o capô, o Camaro agrada pelo design surpreendente. Com um visual que é muito próximo ao conceito original, o Camaro 2010 retrata a herança de sua primeira geração, produzida de 1967 a 1969.

E o Camaro vai além: seu visual agressivo já lhe rendeu, em abril de 2010, o prêmio World Car Design of The Year ("Melhor Desenho de Carro no Mundo do Ano"). A escolha do Chevrolet foi o resultado de uma votação feita por um júri internacional de 48 jornalistas automotivos de 22 países.


Agora, só nos resta aguardar o lançamento desta incrível máquina no Brasil!





Fonte: http://www.chevrolet.com.br

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Evolução - Honda Civic

O Honda Civic é um modelo produzido pela Honda desde 1972. Atualmente encontra-se em sua oitava geração. Começou a ser importado para o Brasil desde 1992, foi nacionalizado em 1997. Produzido na unidade da Honda localizada em Sumaré (SP), foi o sedan médio mais vendido do Brasil no 1° semestre de 2008, superando Toyota Corolla, Chevrolet Vectra, entre outros. O modelo é produzido em onze países (Japão, Inglaterra, Estados Unidos, Canadá, Paquistão, Taiwan, Turquia, Brasil, Índia, Tailândia e Vietnã).

O nome Civic apresenta uma curiosidade, pois ele é um palíndromo, portanto quando a leitura do nome é realizada de trás para frente também se lê Civic.

Vejam agora as transformações que o Honda Civic teve desde a sua criação!

Primeira geração (1973-1979)

A primeira geração do Honda Civic foi lançada em 1972, mas foi vendida como modelo 1973. Equipado com motor de quatro cilindros refrigerado a água, com 1.169 cm³, ele surgiu para competir com os modelos compactos americanos e surpreendia pelo baixo consumo, superando até 16 km/l na estrada e por atender às normas de emissões poluentes americanas sem o uso do catalisador.

Segunda geração (1980-1983)

A segunda geração trouxe maiores dimensões para o Honda Civic, duas opções de motores, 1.335 cm³ com 55 cv e 1.488 cm³ com 67 cv e também três opções de transmissões, quatro marchas manual nos modelos básicos, 5 marchas manual e 2 marchas automático.







Terceira geração (1984-1987)

A terceira geração surgia com novo aumento de tamanho e o motor 1.5 L tinha 12 válvulas e 76 cv, o hatch básico usava um 1.3 L de 60 cv. Em 1985, os motores do coupé CRX Si (1.5L - 91 cv) chegavam ao Civic também denominado Si, que recebia lanternas traseiras maiores, teto de vidro removível, spoiler frontal e aerofólio traseiro.



Quarta geração (1988-1991)

Depois de apenas quatro anos, novamente o Honda Civic foi redesenhado, possuindo um teto mais baixo, maior área envidraçada e maior aerodinâmica. O motor 1.5 L, tinha, pela primeira vez, bloco de alumínio, quatro válvulas por cilindro e 92 cv de potência. Os modelos americanos passaram a adotar injeção eletrônica.










Quinta geração (1992-1995)

Marcando outro período de apenas quatro anos, chegava o Honda Civic da quinta geração, bem mais arredondado e com farol de perfil baixo. Em 1992 o Civic começou a ser importado para o Brasil e somente em 1997 ele foi nacionalizado. Este modelo é um dos favoritos dos jovens americanos para a preparação tuning, pois ele oferece a combinação de ótimo desempenho, variedades de peças para modificação e baixo custo. A principal aparição do modelo foi no filme "Velozes e Furiosos" onde três Civics coupes pretos eram utilizados para assaltar caminhões de carga e a cena inesquecível em que ele atravessava um trecho estreito sob a carreta do caminhão consagrou o modelo no mundo do tuning.

Sexta geração (1996-2000)

A sexta geração do Honda Civic parecia muito com a anterior, exceto pela carroceria que era nova, o retorno da grade frontal, os grandes faróis e as lanternas traseiras mais elevadas. Esta foi a primeira versão produzida no Brasil. No período de 1999-2000 o Honda Civic Si foi produzido com motor VTEC 1.6 L com 160 cv de potência e as suas principais aparições foram nos jogos "Need for Speed Underground 1 e 2", onde o jogador poderia modificar o carro completamente deixando-o até mesmo no estilo de "Velozes e Furiosos".


Sétima geração (2001-2006)

A sétima geração do Honda Civic manteve os mesmos padrões, mas agora contava com um estilo mais refinado e elegante, com as lanternas traseiras mais elevadas do que no modelo anterior e grandes faróis. O carro recebeu novo motor 1.7 L elevando a potência para 115 cv (LX) e 130 cv (EX, com VTEC).







Em 2004, ocorreu um facelift com novo design frontal (capô, grade, faróis, para-lamas e para-choques), novos para-choques traseiros e a introdução da versão LXL, intermediária entre as versões LX e EX.










Oitava geração (2007-****)

Em 2007, chegou o New Civic, com o motor i-VTEC, que privilegia economia e silêncio de utilização. Vendido em 3 versões: LX (para deficientes, com motor 1.8 - 125 cv), LXS (1.8 - 140 cv) e a top EXS (1.8 - 140 cv) que dispõe até de trocas de marcha atrás do volante, recurso este chamado de "Paddle-Shift". Outubro de 2006, marcou a chegada do Civic Si 2007, o carro nacional mais potente. São 192 cv, 4 portas e um interior bem luxuoso. O câmbio é de 6 marchas, e o veículo possuí até LSD (diferencial auto-blocante). A carroceria da versão esportiva difere apenas pelas letras "i-VTEC DOHC" na lateral, pelas rodas aro 17 e pelo aerofólio discreto no porta-malas.



Em 2009, o Honda Civic passou por um pequeno Facelift, incluindo um novo design para a parte frontal e traseira, entre outros detalhes. No início de 2010 foi lançada a versão LXL que chegou para preencher a lacuna entre as versões LXS e EXS.

Fontes: http://www2.uol.com.br/bestcars/cpassado/civic-1.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Honda_Civic
http://en.wikipedia.org/wiki/Honda_Civic
http://en.wikipedia.org/wiki/Honda_Civic_Si